sexta-feira, 19 de junho de 2009

O que é um assediador?

É toda consciência que influencia negativamente o outro por um motivo qualquer, seja por indução ao devaneio, medo, erro, mal-estar, sugestão ou influência negativa e desestabilizadora ou coação, com objetivo de domínio da vontade, processo esse que se repete continuamente intra ou extrafisicamente, trata-se de um assediador.

O assediador pode ser consciência intrafísica ou extrafísica, um amigo, um membro da própria família, pode ser homem ou mulher, pode ser uma criança, isso na forma física ou extrafísica.

Assédio é sempre uma relação disfuncional entre consciências. Um sistema de paranóia entre duas ou mais consciências, em que um é ativo e o outro é passivo. Um tenta dominar a vontade e controlar as energias conscienciais do outro e o outro permite por ignorância, medo ou co-dependência.

CARACTERÍSTICA SINTOMATOLÓGICAS DE UM ASSÉDIO:

1. Desatenção
2. Mau-humor
3. Devaneios negativos
4. Tosse
5. Agulhadas
6. Coceiras
7. Cócegas
8. Dor de estomago
9. Peso nas costas
10. Sensação de que o ambiente está tenso
11. Raiva
12. Ódio
13. Agressividade
14. Não conseguir engolir
15. Areia nos olhos
16. Movimentos nervosos com as mãos ou pernas
17. Dificuldades para se movimentar
18. Dores não diagnosticadas
19. Planas na testa
20. Peso na nuca
21. Tremedeira
22. Reclamação constante e interminável
23. Dor no braço
24. Fraqueza nas pernas
25. Olhos vermelhos
26. Secura na boca
27. Hipocondríaco
28. Calafrios
29. Formigamentos desconfortáveis
30. Pesadelos e mal estar na hora de dormir
31. Suor e coriza constantes, inexplicáveis do ponto de vista físico
32. Estado de autodefesa constante
33. Sensação de que sempre está fazendo as coisas de forma errada
34. Sentimento de culpa inexplicável
35. Medo, insegurança sem motivo real (devaneios)
36. Dificuldade para relacionamento íntimo
37. Falta de energia para produzir orgasmos sadios
38. Sensação de estar sendo perseguido ou observado
39. Pressão nas têmporas
40. Roubo de orgasmo

Obs.: Um ou mais destes sintomas não quer dizer que uma pessoa esteja passando por processo de assedialidade. Cada caso é um caso e precisa ser analisado com bom senso e discernimento.


Extraído do livro “Projeção da Consciência – Uma Ferramenta Evolutiva” de Moisés Leão Esagüi. Edição de 2003. Páginas 70-71; 75; 83-84.

Nenhum comentário:

Postar um comentário