sexta-feira, 19 de junho de 2009

Posso estar assediada mesmo me sentindo feliz?

O assediador sempre ilude. Ele sempre vai dar um momento de felicidade para a sua vítima, só que essa felicidade será só aparente, será um recurso para distrair antes do golpe final.

Uma coisa se pode ter certeza, que esse presente dado pelo assediador cedo ou tarde será cobrado.

As influências são sutis e levam a pessoa visada a procedimentos dos quais se arrependerá, provavelmente, quando conseguir refletir com algum equilíbrio.

Não damos, às vezes, nenhuma importância aos nossos estados emocionais, que geralmente oscilam bastante.


Extraído do livro “Projeção da Consciência – Uma Ferramenta Evolutiva” de Moisés Leão Esagüi. Edição de 2003. Páginas 71-72.

Nenhum comentário:

Postar um comentário