sexta-feira, 19 de junho de 2009

** Projeção Consciente - xenofrenia **


Estados Alterados da Consciência – Podem surgir em qualquer um dos 3 estados: Estado Intrafísico, Estado Extrafísico e Projetado.

Atuação: Na intuição científica; na inspiração poética e no êxtase místico-religioso.

Predominância: Surgem em razão da predominância de um dos seus atributos e ocorre de modo extremamente rápido, ou instantâneo, conforme as nossas impressões quanto ao tempo cronológico.

1. Vontade – nos estados de físico e extrafísico da consciência vígil, lúcida, a vontade predomina sobre os demais atributos conscienciais.
2. Raciocínio – no julgamento crítico, o raciocínio subjuga a imaginação.
3. Imaginação – No estado hipnagógico, imaginação e vontade substituem o raciocínio.
4. Memória – No fenômeno da retrocognição, a profundidade da memória mais remota, ou memória integral, holomemória, substitui a vontade.
5. Inconsciente – No estado de sonho natural, comum o inconsciente – tão desconhecido arquivo morto da consciência – substitui a vontade.
6. Precognição – o parapsiquismo (animismo ou percepção extra-sensorial) substitui a memória vígil ou do estado da vigília física ordinária.
7. Animismo – A vontade própria da consciência predomina sobre a influência da vontade das inteligências ou consciências externas.
8. Parapsiquismo – A consciência do sensitivo se apassiva à vontade de outrem – consciex ou conscin projetada – que toma o lugar da sua própria vontade, ainda mesmo com a ajuda de outra consciex, no caso, amparadora ou mesmo guia cego do sensitivo.

Tipos que podem ser confundidos com projeção consciente:
1. Alucinação
2. Auto-hipnose ou auto-sugestão
3. Auto-assédio ou obcecação (autocorrupção)
4. Catalepsia
5. Consciência dupla
6. Consciência tripla
7. Continuidade e/ou descontinuidade da consciência
8. Devaneio ou sonho acordado dirigido
9. Experiência psicodélica
10. Hipnagogia ou estado semidesperto.
11. Hipnopompia
12. Meditação
13. Pesadelo
14. Sonambulismo extrafísico
15. Sonho comum
16. Sonho lúcido ou projeção semiconsciente (PSC)
17. Transe hipnótico
18. Transe parapsíquico

Compreender os estados xenofrênicos é compreender a projeção lúcida da consciência.

Critério - O Projetor(a) intrafísico há de procurar um critério próprio para distinguir os estímulos heteropsíquicos, ou provenientes dos mundos exteriores, o físico e o extrafísico em geral, dos estímulos autopsíquicos, ou de origem interna, e evitar a confusão possível entre aquilo que a sua consciência percepciona, de fato, e o que não passa de representações suas, sejam: alucinações, devaneios, morfopensenes, pesadelos ou sonhos.


Bibliografia: Waldo Vieira – Projeciologia – Capítulo IV – Estados Alterados da Consciência (pags. 202)

Nenhum comentário:

Postar um comentário