segunda-feira, 6 de julho de 2009

Diferenças entre sonho e projeção

É bem oportuno destacar que sonho e projeção da consciência são fenômenos bem distintos. Eles só têm duas coisas em comum: nenhum deles foi provado cientificamente e ambos ocorrem durante o sono.

Ambos são naturais, sadios e fisiológicos, ou seja, são possibilidades naturais de todo ser humano. Os mal informados costumam dizer que é perigosa a projeção e que espíritos ruins podem cortar o cordão de prata.

Entretanto, temos nos projetado a vida inteira (apesar de não nos lembrarmos e confundirmos com sonho) e até hoje nada de mal aconteceu.


Sonho -
O sonho contém imagens oníricas criadas pelas descargas elétricas dos neurônios e sobre estes o projetor não tem qualquer controle ou domínio da situação; também se caracterizam pela incoerência e desorganização de eventos, todos muito loucos. No sonho somos meros espectadores onde não conseguimos interferir por nossa vontade. O sonho possui uma rememoração fácil.

Projeção -
Ao se encontrar realmente projetado (ou fora do corpo) podemos possuir vários estágios ou graus de lucidez. Esta lucidez colabora para que tenhamos mais ou menos controle sobre os eventos a partir de nossa vontade. Supondo-se um bom nível de lucidez extrafísica, temos controle sobre os eventos que se passam durante a projeção. A projeção é um fato, sendo assim, possui lógica, coerência, seqüência organizada onde os fatos se ajustam um após o outro sobre o domínio tranqüilo do projetor. A projeção tem rememoração difícil, pois os eventos ocorrem em outra dimensão, mas as percepções são muito aumentadas.

Benefícios - São amplos os benefícios das projeções mais lúcidas. Podemos aprender fora do corpo, podemos ajudar a outros quitando karma e assim estamos aproveitando um terço do tempo de uma vida (passamos 1/3 da vida dormindo). Constatamos que não existe morte, perdendo o medo dela e tendo uma qualidade de vida melhor. Podemos encontrar parentes e amigos já falecidos e outros de vidas anteriores; podemos com um pouco mais de facilidade descobrir nosso passado remoto (vidas anteriores); podemos, com ressalvas, ver vidas futuras (pré-cognição); podemos ajudar os parentes e amigos nos processos de desencarnação (morte mesmo); podemos acessar melhor nossos amparadores ou anjos da guarda; podemos conhecer um novo código de ética superior à moral social humana, chamado de cosmoética ou moral cósmica. Poderemos evoluir melhor, mais rápido e de forma mais feliz.

Por Dalton e Andréa
http://www.comunidade-espiritual.com/profile.php?sub_section=view_blog&id=1858&sub_id=3645

Nenhum comentário:

Postar um comentário